Sabem para que servem as Personas na estratégia de Storytelling? - Transmedialand by João Miguel Lopes
4446
post-template-default,single,single-post,postid-4446,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,paspartu_enabled,overlapping_content,qode-theme-ver-13.8,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive
 

Sabem para que servem as Personas na estratégia de Storytelling?

Brand Persona

Na linguagem e estratégia de marketing, “PERSONAS” são perfis criados para representar diferentes tipos de indivíduos, tendo como base o seu comportamento, objetivos e características gerais.

Quando criamos uma narrativa com o propósito de comunicar uma determinada mensagem, seja esta comercial ou institucional, temos a necessidade, na maioria das vezes, de fazer a ponte entre algo comum na vida das pessoas e o objeto principal da nossa mensagem.

A criação de “PERSONAS” numa estratégia de Storytelling, tem o papel principal de identificação e proximidade entre os indivíduos e a ideia central da mensagem que queremos vincular.

O objetivo deste processo é que o recetor, pessoas como qualquer um de nós, façam facilmente a ligação com o conteúdo/ideia da mensagem, identificando-se, reconhecendo algum dos pontos desta e, por fim, criando algum sentimento que invoque a uma determinada ação.

Um bom exemplo de como podemos trabalhar as Personas numa campanha de comunicação é a peça criada pelo IKEA em 2002 e intitulado: LAMP.

Não é uma peça recente, mas é um exemplo magnífico de um anúncio eficaz.

Com uma formula simples, que se resumiu aos planos de câmara e música certos, a marca conseguiu invocar nas pessoas o sentimento de compaixão por um objeto, manipulando a perceção que temos acerca de um objeto sem qualquer vida, mas que através deste trabalho ganha a sua personalidade.

Sim, um objeto inanimado!

Assistam ao vídeo:

Se repararmos, na maioria dos projetos de comunicação, a mensagem está associada um determinado tipo de personalidade/personagem, que se refere um traço de perfil do público principal da marca ou, eventualmente, a um valor principal que este público partilha.

O projeto “Always #LikeAGirl” é outro bom exemplo de como podemos trabalhar a nossa Brand Persona!

A Always, marca de higiene feminina, procurou comunicar com o seu target, raparigas em período de adolescência, uma etapa das suas vidas com imensas mudanças, nomeadamente, físicas, área em que os produtos da marca dão resposta.

Assim, centrada nos desafios que as jovens enfrentam e sentem nessa etapa das suas vidas, a marca assumiu a sua personalidade, como mostra a peça que se segue:

Conheçam aqui alguns exemplos de valores que podemos trabalhar na Brand Persona da Marca:

Um exemplo de uma ferramenta que pode ajudar a construir a nossa Brand Persona:

O exemplo do IKEA e da ALWAYS, são bons exercício que podemos fazer acerca da temática “PERSONAS“ em comunicação, essenciais para a criação de mensagens fortes na nossa estratégia de marketing, com recurso ao Storytelling.

Conhecem outros bons exemplos de peças de comunicação em que esta estratégia tenha sido usada? Se sim, partilhem!